Warning: call_user_func() expects parameter 1 to be a valid callback, no array or string given in /home/dkamioka/kamioka.com.br/dkey/wp-content/plugins/akismet/widget.php on line 126

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/dkamioka/kamioka.com.br/dkey/wp-content/plugins/akismet/widget.php:126) in /home/dkamioka/kamioka.com.br/dkey/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/plugins/wpmp_switcher/wpmp_switcher.php on line 506
The Key. «

The Key.

Filling the REAL void.

NAS4FREE usando Jails para instalar Subsonic

April 15, 2013 // by Diogo Kamioka

Como bom geek/nerd eu tenho um NAS em casa.

Usei um computador que eu tinha sobrando e alguns HD’s (externos maioria) e liguei um NAS4FREE versão embbed. Poderia ter instalado uma versão Full, mas à época achei que seria melhor ter instalado uma embbed por alguns motivos:

  1. Utiliza pouco espaço
  2. Roda em RAMDISK (usa menos o HD)
  3. Atualizável através de “firmware” via webgui.

Ok, após setupar o NAS para servir meu AppleTV jailbroken com XBMC (outra história) eu comecei a sentir vontade de testar mais meus limites. E então quis instalar alguns pacotes e etc… e me deparei com esse problema do Embbed version. Não é tão simples assim… precisaria ter uma versão FULL.

Então li na net que o FREEBSD possui um esquema chamado Jails, que é um (pelo menos tipo de) chroot. Para ser mais simples de entender é como se fosse “virtualizar” dentro do FreeBSD. Pelo menos é um conceito parecido (ao meu entender) e mais primitivo.

A idéia é exatamente a que eu queria, utilizar um dos meus HD’s (mount points) externos para rodar pacotes e etc. Na verdade estou atrás de rodar o subsonic para ter meu próprio streaming de Mp3. Vamos ver se dá certo!

Achei o wiki do próprio NAS4FREE, mas eu particularmente fui seguindo esse outro tutorial aqui.

Aparentemente não deu certo editar o arquivo /etc/rc.conf através do webgui, e adicionando o jail_enable=”yes” via terminal e rebootando parece que deu certo.

Outra coisa é que quando editando o rc.conf.local pelo tutorial, ao copiar e colar alguns caracteres colaram errado, digitei tudo na mão novamente e agora parece que deu certo.

Bom depois de setupar tudo. Consegui fazer funcinar o subsonic. Coloquei algumas mp3 lá, instalei o app do android (dá pra pegar a versão com ads na play store ou então pegar a ad-free aqui.)

Estranhamente nao está iniciando no boot up, como a minha versão do NAS4FREE é embbed, simplesmente colocar as coisas no rc.d não está funcionando. Pois toda vez que reseta, perco as coisas do “disco” pois está escrito na ramdisk…

Coloquei no webgui para iniciar a jail e o subsonic, mas não está funcionando… Por enquanto vou deixar rodando lá, e iniciar manualmente quando cair.

NetBook com melhor custo benefício!

February 15, 2013 // by Diogo Kamioka

IBM Lenovo ThinkPad x100e

Existe um problema de contraste quando na bateria, o contraste fica muito baixo! Começa com uma sensação estranha que está meio apagada a tela, daí aumentando ou abaixando o brilho (Fn+Delete/Home) nota que a sensação não desaparece.

É bem visível quande se usa o excel. As linhas das células LITERALMENTE somem. Abrindo um pouco mais a tela (mudando o ângulo, baixando) dá pra ver… mas fica estranho.

Fuçando um pouco na internet descobri que isso é devido à uma configuração chamada Vari-Bright. E arruma-se isso no catalyst da placa gráfica.

Para acessar não achei nada intuitivo! Precisa ir até as opções de vídeo (aquela onde vc muda a resolução) clicar em Avançado, ir até a Aba Catalyst, lá ir em avançado também, e ai que não entendi nada… normalmente as opções aparecem em Abas, mas ali tem que ir na opção “Power Play” do Menu…

Seguindo as indicações de um blog, alterei o VariBright (não desabilitei) e no menu de cores da área de trabalho alterei o Gamma também. Estava em 1, aconselham a setar 0,75… mas coloquei 0,5 que me pareceu mais confortável.

Todo jovem deveria ler

August 26, 2011 // by Diogo Kamioka

Acabei de ler um texto, que achei sinceramente que seria um texto chato e daqueles sermões de velhos que dizem entender tudo da vida, dizem saber tudo que nós jovens pensamos, dizem que isso, que aquilo… mas na real… não sabem nada.

Aquele tipo de cara que só sabe reclamar da juventude porque não se adaptou ao mundo, e ao se deparar com os jovens de hoje, apenas enxerga uma diferença tão grande com a sua criação e seus valores, que inconscientemente acaba tendo uma raiva dos mesmos (talvez por inveja, ou outro motivo irracional).

Bom, mordi a lingua.

O texto é muito bom, e aconselho a todos os jovens (eu diria dos 18 aos 35 anos talvez) ler o mesmo. Eu admito que me identifiquei muito em várias partes e vou tentar mudar o meu jeito de ser. Espero não ser uma promessa vazia, mas de verdade, quero que meus filhos tenham uma vida um pouco mais semelhante a que o texto fala como deveria ser.

Segue abaixo, com devidos créditos. Sério, leiam tudo. Se não tiverem tempo agora, guardem uns 10min. Vai valer a pena, eu garanto.

Meu filho, você não merece nada

“A crença de que a felicidade é um direito tem tornado despreparada a geração mais preparada”

Eliane Brum

Ao conviver com os bem mais jovens, com aqueles que se tornaram adultos há pouco e com aqueles que estão tateando para virar gente grande, percebo que estamos diante da geração mais preparada – e, ao mesmo tempo, da mais despreparada. Preparada do ponto de vista das habilidades, despreparada porque não sabe lidar com frustrações. Preparada porque é capaz de usar as ferramentas da tecnologia, despreparada porque despreza o esforço. Preparada porque conhece o mundo em viagens protegidas, despreparada porque desconhece a fragilidade da matéria da vida. E por tudo isso sofre, sofre muito, porque foi ensinada a acreditar que nasceu com o patrimônio da felicidade. E não foi ensinada a criar a partir da dor.

Há uma geração de classe média que estudou em bons colégios, é fluente em outras línguas, viajou para o exterior e teve acesso à cultura e à tecnologia. Uma geração que teve muito mais do que seus pais. Ao mesmo tempo, cresceu com a ilusão de que a vida é fácil. Ou que já nascem prontos – bastaria apenas que o mundo reconhecesse a sua genialidade.

Tenho me deparado com jovens que esperam ter no mercado de trabalho uma continuação de suas casas – onde o chefe seria um pai ou uma mãe complacente, que tudo concede. Foram ensinados a pensar que merecem, seja lá o que for que queiram. E quando isso não acontece – porque obviamente não acontece – sentem-se traídos, revoltam-se com a “injustiça” e boa parte se emburra e desiste.

(more →)

Seedbox

August 26, 2011 // by Diogo Kamioka

Right, so I got an VPS, 1gbps some nice HDD… and recently I’ve got and HDBits invite (TY mksm)…

So, that’s exactly what I need to make a seedbox and boost my Ratio at HDBits.

First things first… just got my box, and installed a couple of things that did not come out of the box… now lets try to make it a seedbox. I’ve never done that before, and I am thinking about documenting it my steps.

So first of all, I did some

sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade

And after some updating and upgrading, my box was up-to-date!

So after that, I installed some dependencies

 sudo apt-get install subversion libncurses5 libncurses5-dev libsigc++-2.0-dev libcurl4-openssl-dev build-essential screen curl apache2-utils lighttpd lighttpd-doc php5 php5-cgi php5-cli php5-common php5-curl libwww-perl libwww-curl-perl irssi

After that, I found out that maybe just some

sudo apt-get install rtorrent

Would do… but well, I dont think that installing that deps would hurt.. And later in the tutorial I was following, It started to configure rtorrent to work with Lighttpd, but as apache2 was already working in my box, I decided to go that way

Wait, before that I saw that I needed to install ruTorrent, the webui to rTorrent… and I actually find another nice thingy… https://github.com/Voruse/Fangspitzen/wiki

 

Looks nice, lets try that! Hmmm… it uses aptitude instead of apt-get, well at least I think… lets install it…

sudo apt-get install aptitude

Hmmm after running this Fangspitzen script, it added some repositories to my box… well… lets have some leap of faith here… Ill check it later (or never if it works) well I think it worked kindof… Now I am having some problems using my HTTPS…

I am following the steps here. Apparently it wasnt it… I was trying to run apache2 as a normal user, after sudo’ing, it went well…

Its almost everything done! I can access the ruTorrent WebUI, but now it shows me that the webuser can not access zip/rar… Well, lets try to fix that with

sudo apt-get install zip && sudo apt-get install rar

Well, after that, zip was not showing that error anymore, but rar was still missing, dont know why… But I dont think its necessary…

Lets try to download something!!!!

 

 

 

 

 

http://torrent-invites.com/seedbox-tutorials/42583-debian-ubuntu-dedicated-server-setup.html

http://www.torrent-invites.com/seedbox-tutorials/42583-debian-ubuntu-dedicated-server-setup.html#post409726

The AWSOM feeling of being a NERD.

July 15, 2011 // by Diogo Kamioka

Those days where being a nerd meant you were some odd, uncool, math/science freak are now gone!

Well, ok, maybe not gone, because most of us are really are all of this. Anyway, now that I am a grown up, and spent all my life being a nerd, I can say. We (nerds) behold an awesome quality. We know things that most of the “mortals” do not. And that my friends, is knowledge.

And sometimes, when we can put that knowledge in good use, well… the feeling after you’ve got something done in a really neat and cool way feels just… AWESOME.

Like today… My aunt had this kinda old notebook laying around, she bought and almost never used. Its a Toshiba, a Pentium Dual 1.6 T2330 / 2GB ram / 160gb HDD… and it has already more or less 2 or so years and came with Windows Vista pre-installed.

Ok, being a Vista already sucked, and it was so sluggish, so slow, and everytime it had problems even the boot time was taking more than 10min. My aunt were so tired of this being a holding back in her life that she decided to give up on this. So I thougth… well, lets try to Ubuntu-it.

First try, usb stick boot with and already downloaded ISO, lets install… something that should be really easy even for a non-NERD today, already became a problem. The usbstick/pendrive wouldnt boot. Well it took me some time to discover that the problem was with my usb stick and not with the notebook at all… So i tried later another one and everything went fine.

Ok, after that noob step, the real tricky one came right after that… The wireless was not working. It was showing as disabled. Ok, i tried to google it first. And noticed that using the command rfkill list it would show me some info I needed.

Fair enough i got the result that my wireless were hard blocked. What was that? Well I had searched around the laptop case, trying to find a switch to turn the wireless on/off… Actually I found it, but it was already on the ON switch. And yes, I tried to switch it forth and back. No good.

After many tries to unlock (enable) the wifi via software I gave up, and tried to do it… the hard(ware) way… got some tools and I opened up the notebook case. I had a feeling that the problem was there, because whenever I tried to swith the wireless on, I didnt felt like it “clicked” correctly it was loose.

And after more or less 20 screws, I could see where the problem was! The switch was broken! So I manually switched it ON and screwed back everything up.

Booted Ubuntu and to see that everything was working OK!

Man, that felt really awesome… To accomplish something using your knowledge, to know what you’re doing without fear of messing with something you don’t have a clue… (like if I were to mess with my car, engine or something like that…) that’s pretty nice… and to see that it worked? Awesome…

Now I am typing it here directly from the Toshibuntu, as I named it. Ah, why the English? Because I really didnt setup the language correctly, so I couldn’t write correctly the accents… like “j’a ‘e tarde…”

Ahh! And i didnt mention, but before I got it posted my wordpress blog was out-of-date. I tried the automatic update and I got my blog non-functional, the auto-update broke it. I had to ssh to my host, use wget to get the latest wordpress (actually its nice that they always relase it under the URL http://wordpress.org/latest.zip) and fix it.

And now… everything is fine… well, so far… so god!

 

Switch to our mobile site